O que é e como definir a identidade da sua empresa

O que é e como definir a identidade da sua empresa

9 November, 2016 Off By aind

Uma marca sem identidade e personalidade é nada mais do que um conjunto vazio. Para que sua ideia de startup tenha a possibilidade de ter êxito e tenha uma chance de sucesso, você deve dar-lhe uma identidade. Mas essa identidade não é composta apenas de um logotipo, deve-se levar em conta muitas mais coisas para definir a identidade da sua empresa.

Antes de tudo, precisamos definir o que queremos dizer com a identidade de uma marca. A identidade engloba tanto o nome como todos os elementos que comunicam os valores e ideias que a marca pretende transmitir. Por isso, neste post vamos ver como definir a identidade da sua empresa passo a passo.

Como definir a identidade da sua empresa

Defina sua marca

O primeiro a se fazer na hora de definir a identidade da sua empresa é eleger os aspectos mais importantes relacionados com a marca. Para isso utilizaremos diferentes elementos que ajudaram a transmitir os valores e ideias que dar a sua empresa.

Nome

Como já falamos no post sobre como criar um site para sua startup, o nome é uma das primeiras eleições importantes que se devem tomar. Será a principal senha para definir a identidade da sua empresa e algo que se manterá invariável ao largo do tempo.

“Um bom nome comunica claramente o posicionamento e a personalidade da marca”.

Roberto Álvarez del Blanco

O nome deve ser simples, fácil de se pronunciar, fácil de recordar e que faça referência a profissionalidade da empresa. Os nomes pouco sérios deixam a sensação de produtos de baixa qualidade e desanimaram os clientes.

Uma boa iniciativa é provar o nome entre seus amigos e conhecidos para perguntar que sensação o nome transmite para eles. Se eles não conseguem identificar a que se dedica a empresa ou os transmite pouca confiança, é melhor mudá-lo antes de começar.

Por regra geral, os nomes das empresas e os produtos são coisas que não devem ser mudados depois de lançados. Conhecemos uma grande quantidade de casos de mudança que não funcionaram. Na melhor das hipóteses seus clientes seguiram usando um nome antigo. Enquanto na pior das hipóteses, eles vão esquecer ambos.

Cores

A cor é uma percepção visual do nosso cérebro, mas também e uma das ferramentas mais poderosas que tem para chamar a atenção sobre sua marca e definir a identidade da sua empresa. Por isso devemos ter muito cuidado na hora de escolher as cores que definiram nossa empresa e não contar com a sorte já que a cor é o elemento mais recordado em uma marca por seus consumidores.

As cores nos provocam certas reações, emoções e sentimentos. Por isso você deve fazer com que as cores transmitam exatamente os valores que você quer passar a sua marca. Por exemplo, o vermelho é associado à paixão ou amarelo com alegria. Você pode encontrar mais informações sobre o que cada cor transmitida neste artigo.

Também deve levar em conta as cores que se utilizam na indústria e onde você quer se encaixar. Por exemplo, o verde é tradicionalmente usado em produtos orgânicos e saudáveis. Por isso o McDonald substituiu seu fundo vermelho tradicional verde, para se identificar com uma dieta mais natural e saudável.

É muito importante que você integre essas cores em todos os elementos visuais que tenha a ver com a sua empresa: o site da empresa, cartões de visita, cartazes, papel timbrado… Ou seja, não serve de nada escolher a cor verde para seu logotipo se for fazer o seu site apenas com tons de vermelho.

Logo

O logo é um a peça chave para a identidade da empresa já que permitirá que seus clientes diferenciem seus produtos e serviços do resto de concorrentes e lembrem sua marca. Por isso o logo também tem que transmitir exatamente o que os valores que você quer passar na sua empresa.

Qualquer forma geométrica, por menor ou mais básica que seja pode transferir uma emoção e valor aos potencias consumidores. O logotipo perfeito é aquele que, junto com a cor, é capaz de definir completamente a sua empresa sem a necessidade de usar palavras.

A chave para um bom logotipo é que seja simples, já que assim será mais fácil de recordar. Outro ponto importante é que, apesar das cores escolhidas anteriormente, pode ser representada em branco e preto se é necessário.

Já que se trata de uma parte tão importante na hora de definir a identidade da sua empresa, eu recomendo que recorra a profissionais para fazer o seu desenho.

Slogan

O slogan é uma frase curta, fácil de lembrar e original que serve para resumir a identidade da empresa. É um meio muito poderoso para atrair os consumidores e ganhar a sua atenção. Mas se não acertar com a sua escolha, acabará não causando impacto e distraindo a atenção do potencial cliente.

na hora de criar um slogan você deve considerar os seguintes pontos:

  • Frase curta, a maioria dos especialistas recomendam não passar das 8 palavras.
  • Fácil de lembrar, por isso não use palavras muito complexas.
  • A sua eficácia será maior se você faz o cliente sorrir.
  • Você deve identificar claramente o seu produto ou serviço.
  • Utilize alguns recursos literários como rima ou duplo sentido.
  • Deve apelar para uma vantagem competitiva exclusiva do seu negócio.

Não se esqueça de que o slogan deve ir em consonância com o caráter e os valores que quer utilizar na hora de definir a identidade da sua empresa.

Humanize sua marca

Criar laços de empatia com seus clientes podem fazer toda a diferença quando estes são decididos pela sua empresa e não pela concorrência. Portanto, uma das principais características que devem ser usados na definição da identidade da sua empresa é a humanidade.

Este ponto é espacialmente importante na mídia social que usamos hoje. A marca pode ficar conhecida por muitos aspectos, mas o mais bem-sucedidos deles são aqueles que mais se aproximam de uma relação familiar com o cliente.

Hoje em dia uma empresa não pode se esconder de trás de uma marca, seu logo e seu slogan. Tem que estabelecer uma relação de comunicação fluida e de confiança com seus clientes.

Seja interativo

Como mencionado antes, o mundo da comunicação 3.0 mudou a relação entre uma empresa e seus clientes. Agora você não precisa se esconder atrás de sua marca, você deve abrir-se a redes sociais e qualquer outro canal de comunicação para manter o contato com eles.

Deve ser “real”, alguém com que se possa falar. Faça perguntas e escute as respostas de seus seguidores. Responda a suas perguntas e tente aceitar suas críticas, sempre que forem construtivas.

Apresente sua equipe

Os primeiros representantes da sua empresa devem ser membros da equipe e até você mesmo. Não tenha medo de dar um rosto e nome para aqueles que fazem parte de sua equipe e mostrar o que acontece dentro da empresa mostrando um pouco de quem são vocês e um pouco das histórias humanas presente atrás de todo o profissional.

A empresa e por extensão sua identidade é muito mais do que os produtos e serviços que comercializa. Ela é composta pelas histórias de todos aqueles que a compõem.

Evite falar sempre de seus produtos

Normalmente as pessoas não gostam de pessoas que só falam sobre si mesmos e o mesmo acontece com as empresas. Portanto, você deve concentrar todos os seus discursos em seus produtos ou serviços.

Discuta sobre tendências em seu setor ou o mercado em geral, compartilhe contribuições interessantes para seus seguidores e ajude a resolver dúvidas… Em suma, não ser o epicentro de todas as suas mensagens e acrescenta valor à sua comunidade.

Faça com que lembrem de sua marca

Encontre pelo menos uma característica do seu negócio que o público possa se lembrar, como: logotipo, cores, slogans, música, ícone… Qualquer uma destas características é muito mais impactante para o consumidor uma explicação de centenas de palavras.

Se depois de ter definido a sua identidade, você tiver que explicar o caráter de sua marca para alguém dentro de seu alvo, é sinal de que você não conseguiu alcançado o objetivo de definir a si mesmo.

Preste atenção nos pequenos detalhes

Você deve prestar atenção aos pequenos detalhes para evitar que alguns aspectos da sua identidade ou do projeto contradigam; já que isso fará com que sua mensagem perca força e coesão. Você deve adaptar todos os aspectos do seu negócio a mensagem que decida transmitir.

Por exemplo, se você quer transmitir a ideia de produtos de última tecnologia não pode usar um design vintage para sua loja ou site já são as coisas contraditórias.

Escolha o tom e a mensagem do seu negócio

Um dos maiores erros que você pode cometer quando se trata de definir a identidade da sua empresa é não prestar atenção ao tom das mensagens que você está transmitindo. A mensagem é a personalidade que você quer dar a sua empresa e o tom são as diferentes maneiras que você usa para obtê-lo. O tom deve ir em consonância com as mensagens.

Primeiro, deve-se definir a mensagem, o que faz com que seja único, os valores da sua empresa e como você deseja que os seus clientes pensem da empresa. Para fazer isso, tente resumir tudo isso em três ou quatro principais adjetivos, mas sem cair em clichês. Identificar o que o torna único e o que você realmente é e como quer ser percebido por outras pessoas.

Também deve levar em conta quem é o cliente, o que ele pensa, quais problemas tem e como você pode ajudar.

Por exemplo, se o seu público é jovem e quer resolvê-los através de redes sociais, não pode usar um tom formal. Tenha sempre em mente que as pessoas entram em redes sociais para o entretenimento durante seu tempo livre.

Em relação a estes dois pontos anteriores, você deve escolher o tom de suas comunicações. Deve ser um tom claro e reconhecível em qualquer situação comunicativa, pois isso irá acrescentar credibilidade à sua marca.

Ou seja, você não pode usar um tom casual em suas redes sociais e página da web e, em seguida, ter um blog você publica estudos acadêmicos formais. Para que a mensagem seja claramente percebida ter que existir um tom uniforme em todas as comunicações, independentemente do canal.

Construa uma reputação on-line sólida

O mundo 2.0 e posteriormente o 3.0 terminaram com as mensagens unidirecionais, portanto, a reputação online de sua empresa já não é baseada apenas no que você transmitir; se não no que os outros pensam sobre você. Poderíamos definir a reputação on-line como o que você diz sobre a sua empresa, juntamente com o que os outros pensam sobre isso.

Ao definir a identidade da sua empresa, você deve ter em mente que tudo que você faz na Internet tem impacto sobre sua reputação online: redes sociais, blogs, press releases, branding… Tanto em nível profissional, como o equipe, tudo que você faz na internet adiciona ou subtrai a sua reputação online.

“A reputação online é como uma sombra digital, não importa que não queira tê-la, ela esta sempre presente. Não pode ficar sem reputação online. Você pode gestioná-la ou não”.

Miguel del Fresno

Transforme seus clientes em embaixadores da empresa

Converse com seus clientes e faça com que eles se sintam parte de uma comunidade. Se a sua experiência for satisfatória, é muito mais fácil que recomendem os seus produtos e serviços, tanto ao seus conhecidos como em Redes Sociais.

Fale também com a imprensa e os blogs relevantes, não só para incluir na sua estratégia de SEO mas também para que possam conhecer a empresa e mostrar informações que possam gerar mais potenciais clientes.

Seja transparente

A honestidade é uma das qualidades mais respeitados pelos consumidores. Eles têm a escolha entre um monte de marcas e se percebem na sua transparência irá gerar confiança que a sua empresa ao invés da concorrência.

Tente construir uma conexão entre sua marca e o consumidor, de modo que na próxima vez que precisem comprar algo pensem diretamente na sua empresa e não pensem em outras opções.

Este é um exemplo claro do que a Apple conseguiu. Seus consumidores, mesmo aqueles que não podem aceder aos seus produtos devido à falta de orçamento, identificar com os valores veiculados a empresa. Isso faz com que cada vez que eles têm para adquirir um novo produto tecnológico, nem sequer surgem adquirir outra marca.

Monitore o que falam sobre a empresa

Criar uma reputação online sólida requer muito tempo e esforço e isso pode se romper muito rapidamente com comentários negativos sobre sua empresa. Por isso é muito importante prestar atenção ao que é dito sobre sua marca em redes sociais, blogs, fóruns … Qualquer feedback positivo ou negativo tem um impacto sobre sua reputação.

Você deve dedicar um tempo para acompanhar tudo o que é dito nas redes sociais sobre sua empresa. Existem muitas ferramentas que lhe permitem fazer este tipo de vigilância. Eu recomendo a Hootsuite, pois é um dos mais fáceis de usar.

Aceite as críticas e responda educadamente

Ao ser confrontado com as críticas, reaja rapidamente e educadamente. Negatividade se espalha como fogo. Um estudo desenvolvido em emarketer.com afirma que aproximadamente 83% dos consumidores são influenciados nas suas decisões de compra pelos comentários que leem on-line sobre a marca ou produtos. Em 80% dos casos, os comentários negativos mudam sua decisão de compra.

Portanto, ignorando as críticas que você está permitindo que seus clientes possam julgar seus produtos ou serviços com base exclusivamente nos comentários negativos. Um ponto fundamental na definição da identidade da sua empresa é prevenir uma má reputação online nas Redes Sociais.

Aprenda de seus erros

É normal que cometa erros em sua relação on-line com consumidores e influencers, mas deve aprender destes erros para não voltar a comete-los. Lembre-se que um pequeno erro pode fazer você perder clientes e inclusive acabar com seu negócio.

Espero que esse post sirva de ajuda para você saber o que é e como definir a identidade da sua empresa. Se precisa de mais ajuda para lançar sua startup não perca nossos posts anteriores:

  1. 5 passos para criar um site para sua startup
  2. Como analisar se sua ideia de negócio online é boa
  3. Elaborar um plano de negócio: estrutura e conselhos
  4. Escolher sua equipa de trabalho: procure os melhores para si

Se restou alguma dúvida ou pode aportar algo a este artigo, por favor, deixe um comentário.